Tratamento Biológico / Sistema Secundário

O tratamento biológico é adotado principalmente para promover a remoção de matéria orgânica dissolvida e suspensa em águas residuais, este processo também possibilita a remoção de outros componentes de águas residuais - Sólidos em suspensão, Nitrogênio, Fósforo, Metais pesados e xenobióticos.

O processo de lodos ativados é um dos processos de tratamento mais utilizados nas indústrias, porém o uso dessa técnica de tratamento requer o controle da vazão, a recirculação dos microorganismos decantados, o fornecimento de oxigênio, entre outros. Além disso, os fatores que mais podem afetar essa técnica são as temperaturas, a disponibilidade de nutrientes, o pH, a presença de elementos tóxicos e o fornecimento de oxigênio.

Seus principais processos são:


Processos aeróbios, que são representados por lodos ativados e suas variantes, tais como, aeração prolongada, lodos ativados convencionais, lagoas aeradas facultativas e aeradas aeróbias;

Lagoa de aeração / Reator: ocorre a introdução artificial do oxigênio requerido pelos organismos decompositores, e também possibilita a manutenção da massa líquida em total suspensão, e a consequente formação de flocos biológicos, para posterior separação na unidade seguinte de sedimentação. O sistema é composto basicamente por módulos de distribuição aéreos e submersos, linha de ar e Soprador de ar. Nos tanques de aeração, os microorganismos se alimentam da matéria orgânica e a convertem em gás carbônico, material celular e água. O efluente, quando sai do reator, possui pouca quantidade de matéria orgânica, com uma eficiência em torno de 95% dependendo da ETE. 

Decantação: no processo de decantação a massa biológica é separada do liquido, sendo que parte dos sólidos retorna ao tanque de aeração e a outra parte é destinada ao centro de processamento de lodo. Os decantadores são os responsáveis por separar os sólidos em suspensão no tanque de aeração, permitindo a saída de um efluente clarificado, e pela sedimentação dos sólidos em suspensão no fundo do decantador, possibilitando o retorno do lodo em concentração mais elevada. 


 • Processos facultativos, que são realizados pela utilização de biofilmes (filtros biológicos, biodiscos e biocontactores) e por algumas lagoas (fotossintéticas e aeradas facultativas). Os biocontactores apresentam também processos biológicos aeróbios;
 
• Os processos anaeróbios ocorrem em lagoas anaeróbias e biodigestores.

 

Voltar